Na educação a distância a tecnologia também é assunto de mulher

Compartilhe este artigo:

Há mais de dez anos no mercado de EAD com duas mulheres no comando, a Delinea anunciou a entrada de mais uma e mostra que tecnologia também é assunto de mulher.

Reconhecida pela sua excelência na produção de conteúdo para grandes instituições de ensino, a Delinea é uma empresa que está há mais de dez anos no mercado de EaD. Fundada em 2006, a empresa é chefiada desde então por duas mulheres pioneiras no ramo.

As sócias fundadoras, Larissa Kleis e Margarete Lazzaris Kleis, começaram sua empreitada na construção da empresa há 12 anos, juntamente com Charlie Olsen. Larissa Kleis, designer gráfica e educacional que atuava com desenvolvimento de materiais impressos e on-line para área corporativa e acadêmica; Charlie Olsen, web designer com experiência em desenvolvimento e ergonomia de sites e portais corporativos; e Margarete Kleis, que atuava como especialista de ensino no SENAI/SC e no SENAI Nacional na implantação dos processos de EaD, gerente de EAD na Univali e avaliadora do MEC.

Ao longo do tempo, a Delinea cresceu e aumentou seus negócios.  Em 2008, ela foi reconhecida como destaque competitivo, atingindo o terceiro lugar entre 56 empresas avaliadas pelo Projeto Progressus, elaborado pela Fundação CERTI, com apoio da FINEP, que analisava o grau de desenvolvimento das novas empresas catarinenses.

Em 2009, a empresa que teve seu início em Biguaçu, mudou-se para São José (SC), buscando um local mais estratégico e uma estrutura mais adequada à sua atuação. Em setembro do mesmo ano, a consultora educacional professora Margarete Lazzaris Kleis passa a atuar como Diretora Executiva da empresa, trazendo sua experiência de mais de 15 anos como Gestora de EaD em Instituições de Ensino Superior e avaliadora do MEC para Credenciamento na modalidade a distância.

Hoje, 11 anos depois, a empresa está localizada em um importante polo tecnológico de Florianópolis e, ao comemorar seus dez anos, a Delinea lançou a Plataforma Deduca no Congresso Internacional de Ensino a Distância, fazendo uma revolução na forma de desenvolver seus conteúdos.

Margarete é mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina e desde o ano 1990 atua especificamente com EaD em projetos estratégicos do SENAI, como avaliadora do MEC para credenciamento em EaD, consultoria educacional e gestão de EaD para IES. Margarete também é Diretora da ABED e tem uma ativa representação junto aos órgãos reguladores da Educação a distância. Larissa Kleis é especialista em gestão de educação corporativa pela UNISINOS, atua no desenvolvimento de materiais didáticos para EaD desde 2004 e atuou, também na UNIVALI, como web tutora do curso superior de tecnologia. Desde 2006 está à frente da Delinea como Diretora de projetos na modalidade EaD em âmbito nacional.

Determinação, conhecimento e credibilidade

As duas sócias lidam todos os dias com o desafio de serem mulheres no mercado de tecnologia, ramo esse que ainda é majoritariamente habitado por homens. "Normalmente os clientes são acostumados a falar com homens à frente das empresas, e é comum nos questionarem se somos realmente as sócias fundadoras da empresa ou nos perguntarem quem são os decisores", acrescentam as empresárias.

Larissa e Margarete ressaltam pontos interessantes sobre estar em uma posição de liderança dentro do mundo corporativo: "percebemos também que em uma concorrência há vantagens e desvantagens de ser mulher nesta área. Se por um lado há uma percepção que as mulheres passam uma maior confiança e transparência nas negociações, por outro lado costumam achar que não temos capacidade de fazer uma negociação de grande porte", completam.

Valorização da atuação feminina em todos os cenários

Outro ponto destacado pelas duas sócias é ofato de que infelizmente é muito comum participarem de reuniões de grupos de tecnologia onde são as únicas mulheres falando sobre inovação. A capacidade de atendimento gerenciada por elas, liderando uma equipe de mais de 300 colaboradores e assumirem demandas de grandes responsabilidades, é encarado com surpresa pelos clientes.

No entanto as fundadoras da Delinea têm mais do que razões para continuar apostando na liderança feminina. Fora todo o sucesso alcançado pela empresa nos últimos anos, a motivação que geram em suas colaboradoras com o exemplo que dão, é perceptível: “elas conseguem ver que aqui dentro não existe diferenciação de gênero e que elas podem, tanto quanto os homens, alcançar grandes cargos na nossa empresa”. 

No fim de 2017, a Delinea se tornou majoritariamente uma empresa com uma diretoria feminina, Tarsila Carvalho, ex-diretora geral da Blue Tree Hotels, CFO na Vivere (Grupo Accenture) e diretora de business intelligence no Grupo Estado, assumiu o cargo de CEO onde ficará por dois anos com o objetivo de criar uma governança corporativa, preparar a empresa para novos desafios e tornar a plataforma Deduca referência na produção e gerenciamento de material didático. Sendo assim, a Delinea é uma exceção entre as empresas brasileiras da área de tecnologia onde a diretoria executiva é composta na sua maioria por mulheres.

A Delinea sempre esteve à frente de iniciativas inovadoras e, aliado a isso, sempre se posicionou como instituição que respeita os seus colaboradores. Por meio do histórico de empresa liderada por mulheres, que acontece desde a fundação da empresa e a entrada de Tarsila como CEO, o que serve de modelo e inspiração para tantas outras mulheres empreendedoras, a Delinea reflete o cenário igualitário que gostaria de ver no Brasil e no mundo com ações práticas.

Sobre a Delinea

Reconhecida pelas melhores IES do Brasil como a maior e melhor produtora brasileira de conteúdos de qualidade, a empresa possui em seu quadro societário profissionais pioneiros na Educação a Distância e atua há mais de 10 anos como parceira no desenvolvimento de materiais didáticos personalizados. Seu DNA está pautado na produção em grande escala de conteúdos didáticos, voltados a disciplinas de graduação e pós-graduação a distância, cuja filosofia é baseada na concepção de que cada instituição é única e merece autonomia no desenvolvimento de materiais didáticos inovadores, que estejam de acordo com sua metodologia didática.

Compartilhe este artigo:

Sobre o Autor

Delinea Tecnologia Educacional

Equipe de Comunicação da Delinea Tecnologia Educacional