Um ano de expectativas para o mercado EaD

Compartilhe este artigo:

Diretora da Delinea, Larissa Kleis Pereira, vislumbra um ano promissor para o mercado EaD. "A expectativa é de alcançar mais de 150 mil horas/aula de produção de conteúdo para as Instituições em 2018, dobrando o percentual atingido em 2017". Além disso, outra aposta da Delinea é a Deduca. Uma nova plataforma de gerenciamento de conteúdo que facilitará o trabalho das IES que desenvolvem internamente materiais didáticos. Leia a entrevista completa e conheça outros destaques da Delinea.

Há mais de 10 anos, a Delinea atua no cenário brasileiro com comprometimento e competência para a qualidade do ensino a distância através da produção de material didático personalizado. Qual o diferencial que a Delinea acumulou ao longo deste tempo na produção de conteúdos?

Ao longo de quase 12 anos de atuação, a Delinea já produziu cerca de 93 mil horas de conteúdo voltados para o meio acadêmico. Tivemos uma experiência riquíssima com diferentes formatos e metodologias de Instituições renomadas na área, o que nos possibilitou amadurecer um processo consistente na produção destes conteúdos.

Hoje, a Delinea é considerada a maior produtora de materiais acadêmicos porque conseguimos gerenciar paralelamente um volume imenso de conteúdos sem perder na qualidade e especificidade de cada material. Na Delinea, cada cliente é tratado como único! Nossa filosofia é baseada na concepção de que cada Instituição é única, que deverá passar o conceito transmitido por ela e ser inovadora na sua forma de apresentação. Esta personalização, o cuidado e a capacidade de produção com um processo amadurecido é o nosso maior diferencial hoje.

2018 é um ano interessante para que as instituições que ainda não desenvolvem educação a distância iniciem projetos nesta área? 

Sim, este é um momento propício para iniciar novos projetos em EaD já que o sistema regulatório do MEC está se abrindo à novas oportunidades na área. Instituições que estejam interessadas em entrar na modalidade com qualidade terão um espaço maior, já que hoje a avaliação para credenciamento está focada mais na estrutura de apoio virtual ao aluno e componentes como material didático e ambiente virtual do que a estrutura física apresentada. Esta nova forma de avaliação abre espaço para Instituições de pequeno e médio porte mas que desejam investir em cursos de qualidade.

Na visão da Delinea, qual deve ser a maior preocupação de uma Instituição que deseja garantir a qualidade dos seus materiais didáticos?

A personalização, autonomia e coerência dos materiais com a metodologia didática são os itens mais importantes. O diferencial da Instituição deverá ficar em evidência nos materiais apresentados aos alunos e este deve estar coerente com toda a metodologia envolvida no curso. Explorar metodologias inovadoras é importante, mas não simplesmente seguindo tendências e sim estruturando uma didática própria e coerente. O aluno deverá sentir que o curso foi pensado para ele, e que se fizesse este mesmo curso em outra Instituição não teria a mesma qualidade. Por estas razões é que nós na Delinea sempre fazemos questão de entender todo o contexto onde o material a ser produzido se insere e damos autonomia para que as Instituições recebam os arquivos fontes do material produzido e possam livremente acessá-lo, atualizá-lo e reaproveitá-lo sempre que precisarem fornecendo inclusive uma plataforma para possibilitar isso.

Qual a importância da gestão dos conteúdos já produzidos por uma Instituição que atua na EaD?

O reaproveitamento dos objetos de aprendizagem desenvolvidos é algo que hoje tornou-se fundamental, pois reduz tempo e investimentos desnecessários das Instituições. Nosso objetivo é atuar como parceiros dando ferramentas para que as Instituições possam gerenciar os seus materiais pelo maior tempo possível e possam fazer dele um ativo dentro da Instituição. Foi com este princípio que criamos a Deduca, que possui como principal diferencial construir os bancos de conteúdos e mídias para as Instituições de maneira que elas possam fazer buscas por aderência entre os materiais que já possuem.

Hoje, as Instituições que não se preocupam em categorizar seus materiais e organizá-los dentro de uma ferramenta de fácil localização e reutilização estão perdendo uma grande chance de alavancar seu EaD, pois não estão aproveitando os objetos de aprendizagem já desenvolvidos em novos cursos. É importante salientar que esta organização deve ir além de um repositório, ele precisa ser pensado integrado a gestão de pessoas e gestão da produção para ser realmente efetivo.

Recentemente a Delinea recebeu um investimento na plataforma Deduca. Qual o crescimento esperado para a Delinea no ano de 2018?

O ano de 2017 foi muito importante para a Delinea, pois foi o ano que formamos um novo conselho diretivo e criamos uma governança corporativa qualificada na gestão da empresa, o que gerará resultado em 2018. Por isso, as perspectivas de crescimento são muito boas, com expectativa de dobrar o percentual de crescimento atingido em 2017. O investimento recebido será a base para o salto que a empresa pretende dar neste ano, cujo reforço da estrutura se dará com contratações, tanto para o modelo tradicional de conteúdo quanto na plataforma. Para se ter uma ideia, esperamos ultrapassar o marco de 150 mil horas/aula de produção de conteúdo para as Instituições, além das novas licenças que estamos gerando com a Deduca para as Instituições, neste nosso novo modelo de negócios que estamos atuando.

A Plataforma Deduca é uma novidade da Delinea. No que ela vai contribuir para as instituições?

Com a Plataforma as Instituições poderão dar um salto de qualidade e autonomia nas suas produções internas de conteúdo. Isso porquê mapeamos todas as necessidades que uma equipe de produção de materiais didáticos necessita para produzir em grande escala e com personalização. As equipes de produção de conteúdo encontrarão na Deduca uma maneira simples de encontrar e reutilizar os objetos de aprendizagem que necessitam para compor um novo material, além de localizar facilmente o melhor profissional para editar ou criar um novo material. A Deduca foi toda pensada pela nossa equipe da Delinea, que produz material didático há muito tempo, portanto, ela disponibiliza ferramentas integradas e simples como a comunicação que ela possui com os bancos de imagens mais comuns do mercado, ou seja, utilizando a Deduca o processo de reaproveitamento de uma mídia fica todo automatizado e fácil.

Estas e outras facilidades farão com que as instituições que utilizarem a Deduca saiam na frente com melhores materiais, pois poderão investir no que realmente precisam otimizando tudo o que já possuem em casa.

A plataforma Deduca mudou a forma como a Delinea produzia seus conteúdos? Quais os resultados atingidos?

A Deduca revolucionou a forma como vínhamos produzindo conteúdo ao longo dos últimos 10 anos. Nós passamos a trabalhar de uma maneira muito mais otimizada. Com ela, reduzimos em até 50% nosso prazo de entrega de um conteúdo, pois hoje conseguimos localizar com maior agilidade se temos materiais aderentes para customização. A Deduca nos traz também indicações dos melhores profissionais a serem contratados para uma determinada produção, e com isso conseguimos alocar estas pessoas de maneira muito mais rápida e certeira, reduzindo as substituições ao longo do processo de produção. Além disso, automatizamos muito o reaproveitamento de nossas mídias, e hoje todas as imagens, ilustrações, animações são gerenciadas agilizando o processo de construção de novos objetos de aprendizagem. O maior resultado atingido foi o fato de conseguirmos entregar a mesma qualidade de antes, porém com prazos e condições muito melhores que vínhamos trabalhando. Isso gerou curiosidade e interesse por parte das Instituições que possuem produção interna de materiais para aplicar também a Deduca em seus processos.


Compartilhe este artigo:

Sobre o Autor

Delinea Tecnologia Educacional

Equipe de Comunicação da Delinea Tecnologia Educacional